phone +351- 933 258 114    contact Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Book Now

Como escolher a sua pagaia

    Imprimir Email

Um guia prático para ajudá-lo a escolher a sua companheira de remada


Captura de Tela 2016 06 21 s 06.25.41 AM

Quando o paixão pelo paddle bate forte, muitos praticantes vão atrás do seu equipamento próprio. É comum ver a preocupação e o empenho em busca da prancha perfeita, mas nem todos se preocupam muito na hora de escolher pagaia. Entretanto, é ela que vai garantir uma remada correta e prazeirosa. Usar uma pagaia não adequada prejudica o desempenho e pode até causar lesões. Veja dicas de como escolher o material ideal para sua remada.

Diferença entre remo e pagaia

Assim como o remo, existem doi tipos de pagaias, a simples e a dulpa. A simples é constituída por uma pá e uma pega, enquanto a dupla possui duas pás. O remo e pagaia se distinguem por apenas um detalhe. O remo tem um apoio (forqueta) que o liga ao barco ou canoa. A pagaia é segura apenas na mão do praticante e é utilizada sem um apoio lateral

Os materiais e suas particularidades

Madeira - A madeira foi o primeiro material utilizado na fabricação de pagaias. Ele pode estar presente tanto na aste quanto da pá. As vantagens de uma pagaia de madeira são estéticas e estruturais. O material é orgânico e renovável. Possui um toque suave às mãos e, dependendo do tipo de madeira, tem um carácter bastante anatômico. Algumas pagaias de madeira podem ser consideradas verdadeiros trabalhos de arte. Entretanto, o material não é dos mais leves utilizados na produção da peça.

Captura de Tela 2016 06 21 s 06.07.04 AM

Fibra de Vidro - A fribra de vidro apresenta uma ótima relação custo-benefício. O material é muito eficiente na remada, pois é leve e ao mesmo tempo rígido e relativamente barato quando comparado com a fibra de carbono.

Fibra de Carbono - A fibra de carbono é o material mais leve e resistente utilizado na fabricação de remos e pagaias, tanto na aste quanto na pá. O preço é mais alto, mas se você pretende passar muito tempo na água, o investimento vale a pena. Você irá economizar muito fôlego na remada.

Alumínio - O Alumínio é um material leve e bastante utilizado na produção das astes das pagaias. É bastante popular por ser econômico, mas tem a desvantagem de ser pesado e frio ao toque. 

Plástico - O mais pesado dos materiais utilizados na produção de pagaias é o plástico, entretanto, é também o mais ecônomico. 

Tamanho da Pá

As pagais são divididas em dois grupo, pagais de surf e pagaias de cruising. Os grupos diferem-se pelo tamanho da pá. A pagaia de surf tem uma superfície mais larga, que arrasta mais água, promovendo uma remada mais intensa. Este modelo é ideal para manobras e remadas curtas. Já a pagaia cruising tem a pá mais estreita e oferece menos estresse aos braços. É a opção recomendada para remadas longas. Existem pagaias híbridas, com tamanhos intermediários entre os dois grupos, que podem ser utilizadas nas duas modalidades.

Handle

O handle é a pega localizada na extremidade de cima da pagaias. Existem dois tipos mais comuns de pegadas. Uma em formato "T" e outra em bolinha. As duas são bastante funcionais. A em "T" oferece mais segunrança em ondas e corredeiras, trava mais entre os dedos, para não perder a pagaia. Já a bolinha possui um formato mais anatômico. 

O Comprimento da Pagaia

Captura de Tela 2016 06 21 s 06.06.44 AM

 

Para uma boa remada, é imprescindível o ajuste do tamanho da pagaia. Muitas lesões são causadas pela não adequação da altura da aste. O comprimento ideal varia de acordo com a modalidade que você pretende praticar. Para corrida, a pagaia deve ter de 10 a 12 polegadas a mais que a altura do praticante. Para águas calmas, de 8 a 10 polegadas a mais, e para o surfe, de 6 a 8 polegadas. Estas medidas podem variar, uma vez que a remada passa a ser intuitiva, o paddle surfista acaba por encontrar a medida ideal para sua pratica. Mas fique atento, uma pagaia muito alta dimuniu a eficiência da remada, já que o praticante deve movimentar mais os braços para colocar e tirar a pagaia da água. Uma aste muito pequena estressa os músculos das costas, pois é preciso curvar mais a coluna para tocar a água.

As astes ajustáveis podem ser adaptadas para diferentes utilidades e são interessantes para serem compartilhadas entre amigos e família. No entanto, os dispositivos de ajuste deixam o equipamento mais pesado.

Posição da Pá

É muito comum, em um primeiro contato com o paddle, ver praticantes remando com a pagaia ao contrário. É nornal já que o paddle entra na água de uma forma contra-intuitiva, ou seja, de forma a carregar menos água e deixar a remada mais leve. Ao sair da água, a pá desliza sem levantar a água, facilitando a remada.

 Captura de Tela 2016 06 21 s 06.06.31 AM

 

Agora é só esolher a sua parceira e boa remada!

(There are no comments yet)
Leave a Comment

Comments
FaLang translation system by Faboba

Encontrar-nos aqui

Sobre nós

SurfnPaddle foi fundada por Nick Evans que tem ensinado durante os últimos 10 anos.
SNP serve os habitantes locais e os turistas que querem praticar SUP pela primeira vez ou os indivíduos mais experientes que se querem divertir de forma descontraída.


SurfnPaddle.com

SurfnPaddle  Loja em frente a Praia, Praia do Duquesa,
  2750-334, Cascais , Lisbon, Portugal

phone  +351 933 258 114

Email  Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Horário de Funcionamento : Mon-Sun 9am - 7pm (may vary in winter)


Não hesite em contactar-nos!